Politica

Uma situação no mínimo inusitada no campo girassol aconteceu ontem (5) em Princesa Isabel, no Alto Sertão da Paraíba. O atual prefeito Ricardo Pereira do Nascimento (PSB) descartou, durante pronunciamento em evento na Câmara Municipal, qualquer possibilidade de marchar unido com o vereador Alan Moura, do mesmo partido, eleito em 2016 em primeiro lugar com mais de mil votos e, ao mesmo tempo, sinalizou aliança com o arqui-inimigo, ex-prefeito  Sidney Oliveira (PSDB), amigo pessoal e representante do ex-senador Cássio Cunha naquela localidade, que é ferrenho adversário do ex-governador Ricardo Coutinho e do governador João Azevedo, os dois maiores expoentes do PSB paraibano.

Um detalhe chama a atenção: o vereador é irmão do vice-prefeito e suplente de deputado estadual Doutor Aledson Moura, aliado do ex-governador Ricardo Coutinho desde 2010, além de ter sido o candidato a deputado estadual campeão de votos em Princesa Isabel e região no pleito de 2018.

O prefeito princesence, por seu turno, só veio a votar em Ricardo Coutinho em 2014, quando houve o rompimento “cassista” com o “jardim girassol”.
Nos últimos tempos, o prefeito tem feito elogios escancarados ao líder do grupo “rival tucano”, a ponto de afirmar, em vídeo publicado nas redes sociais, que “tem vaga para doutor Sidnei na boleia” de seu carro.

Para tumultuar ainda mais a já conturbada paz socialista do “jardim girassol” em Princesa Isabel, o prefeito “recebeu” a adesão dos vereadores do PSDB Jaildo Cachoeira, Arnaldo Lage e Valmir Pereira, coordenadores locais da campanha de Cássio Cunha Lima e Lucélio Cartaxo na eleição passada.

Nos bastidores, especula-se que o prefeito, condenado em segunda instância por crime em licitação quando era Secretário Municipal da Saúde, prefere entregar o bastão da sucessão municipal ao grupo “cassista” que apoiar um aliado campeão de votos e popularidade.

 

Fonte: Eudo Nicolau/Portal TV Sol

Compartilhe: